sexta-feira, 2 de abril de 2010

Diário do Nordeste

Sexta 2/4/2010


Regional

Regional

TRADIÇÃO CATÓLICA (1/4/2010)

É tempo de Paixão de Cristo

Clique para Ampliar

Em Pacatuba, o espetáculo se transformou em Ponto de Cultura do Estado
DIVULGAÇÃO


Em Morada Nova, espetáculo já segue na sua sétima edição, com 120 atores da comunidade
MELQUÍADES JÚNIOR


Estudantes, agricultores e donas-de-casa revivem o sofrimento de Jesus em Cariús
HONÓRIO BARBOSA


1/4/2010

A tradição católica de reviver a Paixão de Cristo no teatro com atores populares está cada vez mais viva no Interior

Fortaleza. Municípios do Interior do Estado vivem a programação da Semana Santa, com destaque para as encenações sobre a Paixão de Cristo. Crianças, jovens e adultos participam do teatro vivo nas ruas das cidades ou em palcos montados especialmente para o drama cristão. As Prefeituras Municipais dão apoio para os eventos que, a cada ano, mobilizam número crescente de atores e de público. Em alguns bairros, a própria comunidade se mobiliza na montagem.

Na Região Metropolitana de Fortaleza, uma das encenações mais tradicionais acontece em Pacatuba. A Paixão de Cristo tem sua 36ª apresentação hoje e amanhã. O projeto recebeu o título de Ponto de Cultura no Estado, o que garante recursos no valor de R$ 180 mil. Antes, a verba era proveniente apenas da Prefeitura. Na cidade de Pacatuba, quem está responsável pela aplicação dos recursos é a Fundação de Turismo e Cultura (Funtec) e, também, a Oscip Serra da Paixão.

A Paixão de Cristo de Pacatuba é encenada num espaço de 8 mil metros quadrados. O local foi construído exclusivamente para a encenação. Ao todo são 300 profissionais envolvidos. Destes, 160 atores e figurantes. O evento gera ainda uma média de 200 empregos indiretos. A expectativa é de um público de 15 mil pessoas. Este ano a novidade é a encenação da ressuscitação de Lázaro.

Zona Norte

Na Zona Norte do Estado, o destaque vai para a Paixão de Cristo encenada no município de Croatá. A Prefeitura Municipal, por meio das Secretarias Municipais de Educação e Cultura, realiza amanhã, às 17 horas, o maior espetáculo ao ar livre já apresentado na cidade. Em sua sétima edição, o teatro conta com um elenco de 200 integrantes, entre criança, jovens e adultos da própria comunidade que apresentam a encenação pelas ruas da cidade.

A peça mostrará cenários e figurinos característicos do relato bíblico, e conta com efeitos especiais durante a encenação de duas horas. Cenas de destaque são o Sermão da Montanha e a Ressurreição de Cristo. Dois mil espectadores são esperados para o trajeto nas ruas.

Em Meruoca, a encenação acontece há dez anos. Com um novo roteiro e um novo percurso, a Cia. de Teatro de Meruoca promete uma apresentação cada vez mais emocionante. A encenação está marcada para as 19h do sábado, na Praça Monsenhor Furtado, no Centro do Município.

Em Sobral, as encenações acontecem em vários locais, principalmente nos bairros e distritos. Hoje, o espetáculo acontece no Parque Mucambinho, a partir das 16h. O Grupo de Teatro Revivendo a Esperança realiza a encenação. Os espetáculos continuam na Sexta-feira Santa. O Grupo Cia. Teatro Pequenos Seguidores de Cristo realizará a Paixão de Cristo na praça principal do Bairro Padre Palhano. Também acontecerá encenação da Paixão de Cristo no Distrito de Jaibaras, em frente à Igreja Santa Terezinha e em Aracatiaçu, no Santuário Nossa Senhora de Fátima.

Já no Litoral Leste, as falésias da Praia de Quixaba, em Aracati, formarão o cenário da Paixão de Cristo organizada pela própria comunidade praiana. O espetáculo teatral conta com elenco de 250 pessoas, entre atores e figurantes, além de uma cidade cenográfica já montada para a apresentação. São aguardadas milhares de pessoas para assistirem à encenação da comunidade, que atua há 12 anos na história sagrada. A peça é produzida pela J.A. Lima Produções, que todos os anos realiza em Canoa Quebrada um festival de cinema para a comunidade.

O centro histórico de Aracati também será palco da história mais contada em todo o mundo. Os adolescentes do Grupo Dias de Teatro, do Instituto São José, fazem encenação desde ontem da Via-Sacra. Os alunos recontam a história da Paixão de Jesus Cristo durante a Semana Santa. Na produção do espetáculo, foram desenvolvidas oficinas de fabricação de adereços e de interpretação de atores. O grupo tem a direção da professora Silvanise Ponciano.

Pelo sétimo ano consecutivo, a companhia teatral Anjos da Arte, de Morada Nova, também realiza a Paixão de Cristo. São 120 pessoas no elenco, entre crianças, jovens e adultos de várias comunidades.

Em Pacajus, a encenação será amanhã, às 19 horas, na Praça de Eventos, que fica ao lado da Avenida Pedro Filomeno, no Centro da cidade. Em Paracuru, o espetáculo será religioso Jesus Vive acontece na Praça José Batista de Carvalho, na Praia da Munguba, às 20 horas, nesta sexta-feira.

ESPETÁCULOS

Atuação de atores emociona público

Cariús.
Estudantes, agricultores e donas de casa se transformam em atores e figurantes para apresentar a Via-Sacra, amanhã, sexta-feira, a partir das 17 horas, na sede do distrito São Bartolomeu, na zona rural do município. Há dois meses que a equipe realiza ensaios. É um ato de fé e de emoção no sertão cearense para rememorar a paixão e morte de Jesus Cristo. O espetáculo ao ar livre atrai centenas de moradores.

A novidade em 2010 é que a comunidade de São Bartolomeu desejou realizar a Via Sacra. Estudantes, agricultores e donas de casa foram mobilizados para o ensaio da Paixão e Morte de Jesus. O espetáculo foi ampliado e será no entorno da praça principal.

No Cariri, um dos grupos mais tradicionais nas apresentações na Semana Santa é o da Compactur, com "Jesus, O Nazareno". Este ano, sem condições de realizar um grande espetáculo, o grupo de cerca de 50 atores fará apresentação às 9 horas, no Horto. Mesmo não sendo de comum acordo, Raimundo Rocha, presidente da Companhia, não concordou que acontecesse sequer a apresentação de amanhã. Ele acredita que o grupo não tem condições de realizar os grandes espetáculos dos últimos 27 anos.

Falta de apoio

A meta do grupo, segundo Raimundo Rocha, com todos esses anos de trabalho, é tornar o espetáculo uma das grandes atrações da Semana Santa e inserir no calendário turístico de Juazeiro do Norte.

Ele se ressente da falta de apoio da cultura local, por meio da Prefeitura Municipal. Este ano, não houve nenhum repasse por parte da Secretaria local e nem aprovação do projeto, por meio de Edital do Governo do Estado, no Ceará da Paixão.


Em Aracati a tradição cristã da celebração da Semana Santa ganha força através do trabalho de diversos grupos de teatro; ainda que versando sobre a mesma temática (a paixão, morte e ressureição de Jesus Cristo) Os espetáculos produzidos pelos grupos Frente Jovem, Associação Paixão de Cristo, Grupo Dias, Grupo Lua Cheia e Teatro de Bonecos Francisca Clotilde apresentam características bem distintas numa demonstração de engenho artístico e dramatúrgico.


Em 1997 o Grupo Lua Cheia e o Teatro de Bonecos Francisca Clotilde firmaram parceria para a cooprodução do espetáculo A Paixão de Cristo para teatro de bonecos de vara. A trilha do espetáculo contou com a participação de grandes artistas a exemplo de Ricardo Freitas, Betto Lins, Silvanise Ponciano,Manuel Lima, Marciano Ponciano, Hélio Santos entre outros. Nesta sexta feira (02/03) o espetáculo será exibido pela FM Canoa Quebrada como parte da programação dos 20 anos de fundação do Grupo Lua Cheia.

Na praia de Quixaba a Paixão de Cristo será ambientada no cenário natural das falésias. O espetáculo é organizado pela própria comunidade praiana através da Associação Cultural Paixão de Cristo. O espetáculo conta com um elenco de 250 pessoas, entre atores e figurantes, além de uma cidade cenográfica já montada para a apresentação. São aguardadas milhares de pessoas para assistirem à encenação da comunidade, que atua há 12 anos na história sagrada. A peça é produzida pela J.A. Lima Produções, que todos os anos realiza em Canoa Quebrada um festival de cinema para a comunidade.

Na sede do município, O centro histórico de Aracati também foi palco da história mais contada em todo o mundo. Os adolescentes do Grupo Dias de Teatro, do Instituto São José, fazem encenação desde o dia 31/04 da Via-Sacra. Os alunos recontam a história da Paixão de Jesus Cristo durante a Semana Santa. Na produção do espetáculo, foram desenvolvidas oficinas de fabricação de adereços e de interpretação de atores. O grupo tem a direção da professora Silvanise Ponciano.

Também na sede do município acontecerá a representação da Paixão de Cristo encenada pelo Grupo Frente Jovem que este ano completa 25 anos de sua fundação e da encenação do espetáculo. O grupo retoma a experiência de sucesso de outros anos e incluirá dentre outras coisas uma procissão de barcos pelo Rio Jaguaribe e no centro histórico um cortejo iluminado por tochas que incluirá carruagens e a cavalaria romana. O ápice do espetáculo ocorrerá em frente à igreja Matriz de Aracati.


Programe-se:

A Paixão de Cristo de Aracati
Grupo Frente Jovem
Dias 1 e 2 de abril, às 20h
Patrimônio Histórico de Aracati e em frente à igreja Matriz

Via Sacra
Grupo Dias de Teatro
Dia 31- Centro Histórico de Aracati e adro da Igreja Matriz
Dia 1- São José do Lagamar/Jaguaruana-CE às 18h.


Uma Paixão em Nossos Corações
Associação Cultural Paixão de Cristo
Dia 2- Praia de Quixaba. Início às 17h.

Paixão de Cristo
Grupo Lua Cheia e Teatro de Bonecos Francisca Clotilde
Dia 2- Transmissão pela FM Canoa, 96,9 Mhz às 12h.

Ouça também pela web:www.canoafm.com.br
segunda-feira, 29 de março de 2010

Dias de Paixão. Dias de Teatro



O grupo Dias de Teatro, do Instituto São José, sob a direção da professora Silvanise Ponciano, há sete anos vem transformando o centro histórico de Aracati em um grande teatro a céu aberto, durante a encenação da Via Sacra. Os alunos vicentinos percorrem as ruas da cidade levando emoção a uma platéia atenta, na Semana Santa. Os moradores transformam-se em figurantes, abrindo as portas de suas casas para os alunos que param diante das residências refletindo sobre as estações do calvário percorrido por Jesus Cristo. Essencialmente composto por jovens estudantes do Instituto São José, o grupo constitui uma homenagem a Eduardo Alves Dias, médico, poeta e dramaturgo, um dos maiores incentivadores das manifestações culturais em nossa cidade.
No dia 18 de março o Grupo completou sete anos de existência e de muita persistência e determinação. Em nossas aulas trabalhamos com oficinas, projetos e vários espetáculos como: Brincando de Poesia, A Saga Vicentina de autoria de Marciano Ponciano, Aracati, Quem Conta Se Encanta, O Vento e o Tempo de autoria de Marciano Ponciano, Os Viajantes de autoria de Maria Clara Machado, Nossa Gratidão de autoria de Moacir Morran, Esquetes Teatrais, Ilustríssimos Senhores dos autores Jairo Lima e Lúcio Lombardi, dentre outros.
Para esta encenação desenvolvemos oficinas de adereços e de interpretação. Todos os espetáculos são desenvolvidos pelos próprios alunos/atores. Assim eles aprendem a desenvolver a sua criatividade, percepção e senso crítico.
Este ano apresentaremos a Via Sacra no Centro Histórico e na Matriz no dia 31 e no dia 01 em São José de Jaguaruana.
A Via Sacra é um espetáculo de cunho religioso, onde a sociedade Vicentina e Aracatiense através das cenas passam a reviver o grande sofrimento de Jesus Cristo em sua via-crucis.


Silvanise Ponciano
Diretora do Grupo Dias de Teatro


AGENDA CULTURAL

Grupo Dias de Teatro
Dia 31 - Centro Histórico de Aracati
Hora: 8h
E no Largo da Matriz às 20h
Dia 01/04 – São José de Jaguaruana
Hora: 18h
Dia 02/04 - Vila São Rafael
16h
domingo, 21 de março de 2010


Espetáculo: Deus Quer. O Homem Sonha. A Obra Nasce.



"O porto seguro está no céu, olhar adiante e ver numa lágrima o sorriso do sol, no suor do rosto a certeza do acreditar e na flor do lírio a fé que transparece a passes firmes.

O propósito de Deus está no ensino das irmãs ursulinas, em um anúncio elaborado por aquele que está a cima de tudo. O solo inadequado do chão humano, torna-se um solo puro no coração do homem, começa ai a certeza de um sonho, a vontade de Deus fazendo-se presente.

Na canção do longe escuta-se a prece duma fé, a erupção da emoção, um amor que brota da fonte da água viva, na flor do amanhecer..."

O Grupo Dias de Teatro em sua garra, persistência e determinação, iniciou o ano de 2010 com o espetáculo: Santa Luísa defensora dos mais necessitados que foi encenado no dia 15 de março em comemoração aos 350 anos de Morte e Glorificação. Após essa apresentação o Grupo se deleitou na realização do espetáculo para a Inauguração da Cobertura da Quadra do Instituto São José. Um sonho tão esperado e desejado pela sociedade aracatiense. Foram dias e dias para construirmos a idéia do texto, onde tivemos uma equipe pensante formada pelos artistas: Amélia Gomes, Bruno Brasil, Clairton Andrade Filho, Silvanise Ponciano, Valessa dos Santos e Winicius Sena. Fizemos o roteiro para o espetáculo tão esperado. Após o roteiro necessitávamos de um texto que fizesse a população sonhar conosco passo a passo, convidamos o artista Rafael Lima, o qual é membro do Grupo Dias e o amigo Francisco de Sena Garcia que é pai de uma das integrantes do Grupo para fazerem o texto. E foi ai que a equipe detalhou cada palavra, cada sentimento escrito pelos dois autores. Foi uma emoção incomparável!

Na noite do dia 19 de março de 2010, ouvíamos gritos de alegria, ecos de sonhadores ao ver o sonho realizado, um sonho tão desejado por várias décadas. O Grupo Dias não esquecerá aquela noite tão especial e muito menos aqueles que estiveram na inauguração da cobertura da quadra do Instituto São José. Obrigada meu Deus por mais um trabalho realizado. Agradeço a todos!!! Aos pais, a minha família, a Irmã Rosalie Vieira, a Maria Haydée de Sena, aos alunos que se permitiram estar conosco e aos meus amados alunos/atores do Grupo Dias de Teatro.

"O sopro da esperança paira sobre o Aracati, eis que surge nos raios da estrela maior, o ginásio da vida, o Ginásio São José que por onde andou e anda os que dão a vida aqui dentro deixam raios de perseverança para aqueles que não acreditam em sonhos e nas pessoas, levando os estudos nas ciências humanas e a fé em seu coração."

"Deu certo!!! Dessa vez é pra valer!!! O Instituto São José agora tem Quadra Cobertura! Graças a Deus!!!”


Silvanise Ponciano




Ficha Técnica


Direção

Silvanise Ponciano

Roteiro

Amélia Gomes

Bruno Brasil

Clairton Andrade Filho

Silvanise Ponciano

Valessa dos Santos

Winicius Sena


Texto

Francisco de Sena Garcia

Rafael Lima


Coreografia

Welton Deivid

Atores

Amélia Gomes

André Barreto

Antônio Carlos

Bruno Brasil

Carlos Viana

Fernando Moura

Luis Viana

Pâmela Lima

Rafaela

Raynara

Sara Lima

Valessa dos Santos

Winicius Sena


Convidados Especiais

Aldízio

Celeso

D´anny

Fábio José

Felipe Galvão

Kilvia

Julliane Coêlho

Marcondes Lima

Marcos Vinícius Barreto

Nayara

Rubens

Wallace da Silva

Ygo Prudêncio

Grupo Eclipse


Amigo da Arte

Lua Cheia de Teatro


Agradecimentos

Ao nosso Deus

Aos Pais

Família Ponciano

Irmã Rosalie Vieira

Irmã Raimunda

Marília Monteiro

Leonardo

Senhor Chico

Douglas

Metalúrgica Dedé de Marinez




Vejam as fotos:
































O Grupo Dias de Teatro iniciou seus trabalhos com a preparação do espetáculo: Santa Luisa de Marillac: Defensora dos mais necessitados, o grupo trouxe para a comunidade Vicentina algumas passagens da história de Santa Luisa.. Foi uma montagem de muita persistência e dedicação. Um evento de grande importância, onde toda a província estava comemorando os 350 anos de morte e glorificação de Santa Luisa de Marillac e São Vicente de Paulo. A programação do evento teve início com a celebração eucarística na quadra do colégio e após a missa, os alunos, funcionários foram convidados a assistir o espetáculo, onde o Grupo Dias de Teatro abrilhantou o dia 15 de março no auditório do Instituto São José.



Ficha Técnica

Direção
Silvanise Ponciano

Maquiagem
O Grupo

Atores/ Personagens
Amélia Gomes/ D. Rosita
Bruno Brasil/ Sr. JoãozinhoPâmela Lima/ Irmã 3
Raynara/ Irmã 4
Rafaela/ Irmã 2Sara Lima/ Irmã 1
Clairton/ Sr. Nicolau
Fernando Moura/ Sr. André
Valessa dos Santos/ MiramionIngrid/ Lammy
Brena Guimarães/ Luisa de Marillac
Winicius Sena/ São Vicente de Paulo
Narrador e Sr. Marcos/ Rafael Lima
Crianças

Agradecimentos
Ao nosso Deus
Aos Pais
Irmã Rosalie VieiraIrmã Raimunda
Seu ChicoDouglas
Família Ponciano
Grupo Lua Cheia


Vejam as fotos:




Busca

Carregando...

Postagens populares

Seguir por Email